Blog Gestão Hoteleira

13 erros na gestão hoteleira que você deve evitar

fevereiro 6, 2020
15 erros na gestão hoteleira | erbon software
Tempo de leitura 7 min

A gestão hoteleira é um grande desafio. Seu sucesso é medido por meio da quantidade de hóspedes que recebe ou no feedback positivo dos viajantes. Existem muitos hotéis e a concorrência é acirrada, por essa razão, é necessário se destacar e oferecer serviços impecáveis.

No entanto, considerando que você tem muitas coisas para gerenciar, alguns erros podem acontecer. Não há nada de errado em cometer erros, somos seres humanos. O que é importante é como lidamos com eles, como os corrigimos e o que aprendemos com cada falha ocorrida.

Para ajudá-lo, reunimos uma lista com 13 erros na gestão hoteleira que você deve evitar para aumentar seus lucros e melhorar a experiência dos seus clientes com a sua marca. Continue acompanhando e confira!

1. Definir taxas com base na concorrência, não no valor

O gerenciamento eficaz da receita exige que você defina tarifas que correspondam ao valor percebido do cliente para maximizar seu lucro. Isso exige uma análise completa de vários fatores do seu hotel, como ofertas exclusivas e o tipo de hóspede que o negócio atrai. Simplesmente o preço com base na concorrência não reduzirá em termos de maximização de receita, por exemplo.

2. Negligenciar serviços básicos

Embora oferecer serviços especiais, como snacks de cortesia, happy hours ou móveis extras no quarto, ajude você a se diferenciar da concorrência, o foco nos atributos extras sem cuidar do básico é prejudicial para o seu hotel. Antes de tudo, suas principais prioridades devem ser a garantia de que os quartos do hotel sejam limpos, as comodidades funcionais e a equipe esteja cumprindo suas funções com um ótimo desempenho.

3. Não considerar comentários dos hóspedes

Ignorar as críticas dos hóspedes é desperdiçar um recurso valioso. Esse feedback é fundamental para entender o desempenho do seu hotel. As avaliações oferecem informações sobre os problemas comuns enfrentados pelos hóspedes e o que eles mais apreciam no seu hotel. Por isso, sempre leve em conta esses comentários e use-os para melhorar o seu negócio.

4. Oferecer uma recepção inadequada

Com o crescimento dos check-ins online, para muitos hóspedes a primeira interação com o seu hotel será o momento em que eles chegam. Vale destacar que os primeiros 60 segundos são imprescindíveis para que formulem uma opinião sobre o ambiente, mas alguns negócios perdem a oportunidade de brilhar.

Para que esse fator não se torne um feedback negativo, busque sempre manter o contato visual com seus clientes, sorria e seja acolhedor. Construir um relacionamento é essencial para uma boa estadia. Você pode começar perguntando “como foi a sua viagem?” Esses primeiros momentos devem ser calorosos e acolhedores.

5. Não promover as atividades da cidade

Os hóspedes escolheram o seu hotel não só pela oferta, mas também pelo destino. A maioria dos viajantes passa a noite nos dormitórios e durante o dia, querem conhecer os arredores da cidade e seus pontos turísticos. Por que não melhorar a experiência? Crie parceria com organizações locais para promover atividades por meio de folhetos ou pacotes promocionais para quem se hospeda em seu hotel.

6. Não estar ativo nas redes sociais

Atualmente, é bem comum que os clientes busquem conhecer mais sobre o seu hotel por meio das redes sociais. Elas são muito importantes para promover o seu negócio, mas é essencial manter a sua comunicação ativa e interagir com os usuários através de mensagens e comentários.

Você não precisa publicar novas postagens todos os dias para que sua página esteja ativa. Tenha sempre algo interessante para compartilhar com seus seguidores. Cerca de três a cinco postagens por semana já está de ótimo tamanho. Afinal, o que realmente importa é estar constantemente conectado.

7. Esquecer de atualizar suas informações

Ninguém gosta de ver uma informação ultrapassada no site ou nas redes sociais de uma empresa, não é mesmo? Ainda mais quando elas se divergem entre um canal e outro. Coisas como links diretos para a página de reserva e informações de contato precisam ser modificadas assim que as alterações forem realizadas.

É necessário garantir que todos os descontos e pacotes especiais sejam apresentados em todos os canais com a mesma precisão. Por exemplo, se um cliente acessar uma postagem no Facebook sobre uma promoção de um dia de spa que, de acordo com o seu site, agora está esgotado, é provável que fique desapontado com a notícia.

8. Não estabelecer objetivos específicos

O gerenciamento eficaz vem do estabelecimento de metas e, em seguida, da motivação de todos para se esforçar e alcançá-las. Crie o hábito de discutir com cada membro da equipe sobre a visão deles para o futuro do hotel e como tudo isso se divide no trabalho que cada um faz. Dessa forma, você será capaz de definir metas mais realistas.

9. Não delegar funções

Delegar papéis consiste em confiar sua autoridade a outras pessoas com a convicção de que elas realizarão o trabalho com a mesma, ou melhor, eficiência que a sua. Isso pode ser um pouco assustador. Isso porque, se não for realizado corretamente, pode causar problemas em determinados setores. Entretanto, esse costume tem alguns benefícios: é uma oportunidade para que sua equipe desenvolva novas habilidades e pratique a liderança.

10. Ser incapaz de se adaptar

A adaptação é uma regra da natureza. No setor hoteleiro não é diferente. Você pode ficar tentado seguir as mesmas metodologias, mas não se esqueça de considerar o valor da mudança. Ela é inevitável para que o seu negócio evolua. Nesse caso, a melhor saída é controlar a mudança, investindo regularmente em aprender e experimentar novos processos de gestão.

11. Não considerar a sazonalidade

Dependendo da época do ano, o número de clientes pode ser maior ou menor. Isso significa que você pode criar alguns pacotes atrativos para incentivá-los a se hospedar no seu hotel. Considerando a sua localização e demanda, os preços mudam durante e conforme a baixa ou alta temporada. Por esse motivo, é preciso analisar o mercado todos os meses para ajustar as taxas, pois elas afetam diretamente o comportamento de compra.

12. Não ter uma identidade de marca

Não basta criar excelentes promoções, manter seu hotel impecável e oferecer serviços de primeira linha. Para fidelizar seus clientes, é importante estabelecer uma forte identidade de marca. Isso faz com que você se torne conhecido pelos serviços que oferece e seja a primeira escolha dos hóspedes. Para construí-la, no entanto, você precisa pensar qual atributo faz do seu hotel mais incrível que outros concorrentes.

13. Não investir em recursos humanos

Manter sua equipe motivada é uma forma de fazê-los se sentir valorizados e as recompensas são enormes. Seus funcionários devem trabalhar como um time. É realmente importante que os departamentos se comuniquem, uma vez que os hóspedes não fazem distinção se uma pessoa trabalho na cozinha ou na recepção, eles sempre imaginam que todos sejam capazes de responder quais os serviços oferecidos pelo hotel e a que horas a piscina ou a academia abre.

Como pode ver, ter um negócio no segmento hoteleiro vem com grandes desafios. Um gerenciamento bem-sucedido é uma arte, sendo imprescindível prestar as devidas atenções aos detalhes e encontrar maneiras de otimizar seus processos para reduzir o risco de erros que podem custar dinheiro.

Se você gostou deste artigo sobre os erros na gestão hoteleira, então siga as nossas páginas nas redes sociais e fique por dentro dos assuntos mais relevantes do setor: estamos no Facebook, no Instagram e no Linkedin!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário