Blog Gestão Hoteleira

Você sabe como reduzir custos na hotelaria?

dezembro 11, 2018
Tempo de leitura 6 min

Reduzir custos na hotelaria é um de nossos grandes desafios enquanto gerentes da área. Isso porque, como você deve notar todos os dias, trata-se de um negócio que integra muitos setores e exige a manutenção de uma estrutura física relevante.

Nesse sentido, mesmo tarefas que em outros segmentos são relativamente simples, como limpeza e assistência técnica, nos hotéis, adquirem escala e geram gastos relevantes. Por isso, precisamos ter atenção redobrada com as finanças e procurar formas de economizar.

Para aprender como identificar erros e melhorar a eficiência da gestão, continue lendo este conteúdo! Nele, explicamos as principais técnicas para reduzir custos na hotelaria e, assim, aumentar a lucratividade. Não deixe de conferir!

Quais são os principais custos dos hotéis?

Para que tudo fique muito bem organizado, falaremos os pontos que mais geram despesas em hotéis antes de propor soluções, o que pode variar um pouco de um estabelecimento para estabelecimento, mas dificilmente fugirá muito dos itens apresentados. Confira!

Energia elétrica

Dificilmente um cliente estará nas dependências do hotel sem consumir eletricidade, além dos gastos já realizados com a manutenção da cozinha, lavanderia, lobby, portaria, sistemas de segurança e demais setores.

Além disso, existe a questão do hábito de consumo. Enquanto, em sua residência, a pessoa tem incentivos diretos para economizar; no hotel, o preço do serviço não será modificado se o hóspede deixar todas as lâmpadas acesas, por exemplo.

Marketing

Outras despesas relevantes estão relacionadas ao marketing, uma vez que os hotéis podem ter um alto custo de aquisição de clientes, principalmente quando compram espaço de terceiros para veicular anúncios.

Serviços básicos

Os hotéis precisam manter um estoque com uma grande variedade de itens que serão utilizados nos serviços básicos, como produtos de limpeza, alimentos, água, roupas de cama e materiais escritórios.

Equipe

Além dos custos com salários, encargos e direitos trabalhistas, os colaboradores precisam ser treinados para manter o nível de qualidade do atendimento. Assim, há custos relevantes para o hotel, principalmente quando se tem uma alta taxa de rotatividade.

Ineficiência de processos

Quando o hotel tem uma estrutura burocrática, com controle manual de tarefas e dificuldade de acompanhar o fluxo de trabalho, a tendência é o surgimento de custos com o consumo exagerado de recursos e a necessidade constante de retrabalhos para corrigir problemas.

Como reduzir custos na hotelaria?

Como todo negócio, os hotéis criam processos em que recursos são consumidos para geração de outros produtos e serviços. Assim, a redução de custos, normalmente, está ligada a como planejamos, executamos e controlamos esse uso dos recursos.

A seguir, listamos algumas referências para que você modifique as práticas internas, minimizando as entradas e maximizado as saídas tanto em qualidade como em quantidade.

Compre produtos mais baratos

Identifique as áreas do negócio em que podemos realizar a economia em produtos, especialmente com a substituição de marcas caras, opção por materiais recicláveis e uso de alimentos frescos selecionados para restaurantes. O objetivo é separarmos os pontos que fazem parte da experiência do consumidor dos serviços de fundo, em que a utilidade vale mais do que a aparência.

Um caso ilustrativo é o do tomate. Nas vendas para o consumidor final, normalmente, os tomates com formatos esquisitos não são escolhidos, embora o conteúdo seja o mesmo. E, de fato, alguns fornecedores separam essas circunferências imperfeitas por um bom preço, o que representa uma opção econômica para quem fará um molho.

Economize água e energia

Utilize estratégias para economizar água e energia elétrica. Uma dica é apostar em tecnologias sustentáveis, como sensores que mantenham luzes acesas apenas quando há pessoas nos ambientes internos.

Outra é realizar campanhas internas sobre o consumo adequado, alertando clientes e colaboradores quanto à importância de não desperdiçar. E uma terceira é oferecer treinamentos para que as equipes façam uso consciente dos recursos.

Atualize o estoque constantemente

Acompanhe os estoques com o registro exato de todas as entradas e saídas, bem como relatórios dos itens mais consumidos. Isso evita erros nas compras e desperdício de recursos, o que é importante tendo em vista que, em muitos casos, lidamos com produtos perecíveis nos hotéis.

Defina o organograma

Descreva quais são os departamentos, os cargos e as funções existentes na empresa, buscando entender claramente o papel de cada uma dessas partes. Assim, podemos identificar as possibilidades de enxugamento da máquina, reunindo atribuições, eliminando posições pouco úteis, simplificando os quadros etc.

Faça pesquisas de campo

Consulte líderes e colaboradores sobre o consumo de recursos no hotel e sobre quais são as possibilidades de melhoria. Frequentemente, a informação de baixo para cima contribui para a resolução de problemas, porque está mais próxima do dia a dia da empresa.

Aposte em marketing orgânico

Construa seus próprios veículos de comunicação, produzindo conteúdo para redes sociais, blog e site da empresa. Assim, aos poucos, reduzimos a necessidade de despesas para alcançar os potenciais clientes, minimizando os custos com marketing. Afinal, em vez de pagar pela atenção de um terceiro, construiremos nossa própria audiência.

Qual é o papel da tecnologia?

Para reduzir custos na hotelaria, não basta planejar boas medidas para economizar, temos de controlar a utilização dos recursos para que tudo saia conforme o previsto. Por isso, o ideal é investir em soluções digitais que centralizem as informações de todos os setores e forneçam os dados necessários para o acompanhamento.

Além disso, em si mesma, a tecnologia representa o corte de despesas, porque, com processos mais eficientes e automatizados, eliminamos diversas etapas e atividades que representam custos.

Por exemplo, a gestão de reservas e a disponibilização dos agendamentos online fazem com que os colaboradores não precisem mais se preocupar com isso, mas apenas com fornecer eventualmente algumas informações.

Entre os pontos que geram economia, podemos citar os seguintes:

  • simplificar processos, minimizando os recursos gastos para se chegar aos mesmos resultados, bem como mão de obra e horas extras;
  • cortar gastos com material de escritório, digitalizando arquivos;
  • monitorar o andamento de processos, como limpeza, manutenção, vendas, reservas e afins, diminuindo os erros e retrabalhos;
  • controlar efetivamente a ocupação, permitindo medidas que combatam a ociosidade;
  • gerar relatórios de controle financeiro, fornecendo informações precisas sobre os custos do hotel.

Sendo assim, os softwares de gestão financeira e operacional são fundamentais para reduzir custos na hotelaria. Com eles, damos o suporte necessário para que as demais práticas sejam desenvolvidas, controlando informações e melhorando a eficiência dos processos.

Então, se você quer realmente eliminar despesas, entre em contato com a nossa equipe e conheça as soluções que desenvolvemos para a gestão hoteleira!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário